Como o Bitcoin ( BTC ) é negociado abaixo da marca de US$ 47.000 novamente, os especialistas estão discutindo vários fatores que podem ter contribuído para o declínio recente ou podem afetar o preço em um futuro próximo.

Um desses fatores é o comportamento das baleias ao longo da semana anterior. Especificamente, cerca de 16 baleias Bitcoin, definidas como usuários com pelo menos 1.000 BTC em suas carteiras de criptomoedas , abandonaram a rede ou redistribuíram seu suprimento de BTC nos sete dias anteriores, destacou o analista de criptomoedas Ali Martinez em um tweet em 4 de abril.

Martinez também publicou um gráfico da Glassnode que mostra o declínio constante no número de endereços com saldo de 1.000 BTC ou superior, desde o final de março. Em 3 de abril, esse número era de 2.255, enquanto em 28 de março era de aproximadamente 2.271, significando a redução de 16 endereços.

Fonte: Ali Martinez

Considerando o preço do Bitcoin no momento da publicação, isso significa que as baleias que detinham ao todo pelo menos US$ 735 milhões (provavelmente mais) na maior criptomoeda por valor de mercado deixaram a rede ou redistribuíram sua oferta.

De acordo com Martinez, esse comportamento pode colocar uma pressão significativa para baixo no Bitcoin, potencialmente refletindo em seu preço, que no momento da publicação era de US$ 45.971.

Otimismo da comunidade apesar da negociação de Bitcoin em baixa

Dito isto, Finbold relatou anteriormente o otimismo da comunidade cripto em termos dos movimentos do preço do Bitcoin no futuro próximo.

Em particular, com 55.723 votos e 82% de precisão histórica, a comunidade CoinMarketCap expressou sua estimativa de que o ativo seria negociado acima de US$ 51.000 em 30 de abril.

Deve-se notar, no entanto, que o preço do principal ativo digital caiu 0,96% nas últimas 24 horas, bem como 2,65% desde a semana anterior, quando foi negociado bem acima do limite de US$ 47.000.

Preço de sete dias do Bitcoin. Fonte: CoinMarketCap

A capitalização de mercado do Bitcoin atualmente é de US$ 878,12 bilhões, tornando-o o líder máximo no setor de criptomoedas por este indicador, de acordo com os dados do CoinMarketCap.

Fonte: Finbold