A Binance confirmou a recuperação de R$ 26 milhões relacionados com o ataque hacker do jogo NFT Axie Infinity, e bloqueou 86 contas relacionadas com o problema ocorrido em março de 2022. Esse foi um dos maiores ataques já conduzidos no mercado de criptomoedas e envolve um grupo hacker famoso.

Tudo aconteceu de fato em 23 de março, quando validadores da rede Ronin, ligada ao game Axie Infinity. Em nota a empresa divulgou que foram realizados dois grandes saques do projeto.

“Descobrimos que, em 23 de março, os nós validadores Ronin da Sky Mavis e os nós validadores Axie DAO foram comprometidos, resultando em 173.600 Ethereum e 25,5 milhões de USDC drenados da ponte Ronin em duas transações”.

A descoberta, no entanto, só aconteceu em 29 de março, quando um usuário tentou sacar dinheiro da ponte e não conseguiu. Ou seja, quando o problema foi detectado, os hackers já tinham tido tempo de trocar os valores.

Quando a situação explodiu, o Axie Infinity acionou autoridades e empresas do setor de criptomoedas, resultando em uma força-tarefa para recuperar esses ativos.

Binance bloqueia 86 contas e recupera R$ 26 milhões do hack do Axie Infinity

Nos últimos dias, a Binance foi a líder de um investimento na empresa que criou o Axie Infinity, que captou US$ 150 milhões para recuperar parte do prejuízo da Rede Ronin.

Após isso, o FBI descobriu que o grupo Lazarus está ligado ao ataque, este que faz parte de uma lista de sanções que o associa a Coreia do Norte. Eles roubaram R$ 3 bilhões do Axie Infinity, valor que segue monitorado de perto.

E alguém ligado ao caso tentou movimentar US$ 5,8 milhões desse hack do Axie Infinity na Binance, valor de R$ 26 milhões hoje. Ao perceber a origem das criptomoedas, a corretora capturou o saldo e divulgou, por meio de seu CEO CZ, que a apreensão foi bem sucedida.

O que chama atenção é que os hackers tentaram utilizar 86 contas para movimentar os valores, sendo todas bloqueadas e confiscadas.

“O grupo de hackers da DPRK (Coreia do Norte) começou a movimentar seus fundos roubados do Axie Infinity hoje. Parte dela foi feita para a Binance, espalhada por mais de 86 contas. US$ 5,8 milhões foram recuperados. Fizemos isso muitas vezes para outros projetos no passado também. Fique #SAFU.”

CZ esclarece sanções contra Rússia

Ainda nesta sexta-feira (22), CZ esclareceu o anúncio da Binance de restringir o acesso de russos em sua plataforma a pedido de governos.

Ainda que concorde com a imposição de sanções, o líder da corretora acredita que não deveria impor regras unilaterais a uma nação inteira, sendo as novas medidas da União Europeia uma espécie de agressão aos usuários do serviço.

“Sinto a necessidade de abordar nosso anúncio ontem sobre as novas sanções de criptomoedas da UE. Acreditamos que uma exchange de criptomoedas não deve ter o poder de congelar unilateralmente as contas de usuários de uma nação inteira. E deve seguir todas as regras de sanção, antigas e novas. A UE agora tomou uma ação agressiva histórica e colocou um limite de € 10.000 em cada carteira de usuário residente na Rússia.”

Ele pediu ainda que os líderes lutem para acabar com o conflito na Ucrânia, levando paz a região.

Fonte: Livecoins