O Guinness Book, também conhecido como o Livro dos recordes, listou o Bitcoin diversas vezes nesta semana. Em um recorde, o Bitcoin aparece como a criptomoeda mais antiga. Noutro, o bitcoin é mencionado por ser a criptomoeda mais valiosa do mundo.

Outro destaque fica para Satoshi Nakamoto, além de ser mencionado pela criação do Bitcoin, ele também aparece junto a Hal Finney pela primeira transação de bitcoin da história.

No total, o Bitcoin aparece em 12 menções no Guinness. Uma delas está associada ao maior prêmio em criptomoeda pago em um torneio de poker, vencido por um brasileiro. Outras são mais amargas, como o maior golpe com bitcoin e o maior hack da indústria.

Bitcoin no Guinness, o livro dos recordes

Como destaque, o Bitcoin aparece como a primeira criptomoeda descentralizada da história. Além de apontar sua data de criação, 3 de janeiro de 2009, o Guinness também cita Satoshi Nakamoto como criador.

“A primeira criptomoeda descentralizada foi o Bitcoin, descrito em um whitepaper publicado online por “Satoshi Nakamoto” em 18 de agosto de 2008”, escreve o Guinness Book sobre o Bitcoin. “Uma implementação funcional do conceito foi concluída em 3 de janeiro de 2009, quando Nakamoto minerou o primeiro bloco na blockchain e o cliente de código aberto foi lançado ao público em 9 de janeiro de 2009.”

Bitcoin entra para o Guinness Book como criptomoeda mais antiga do mundo. Fonte: Guinness World Records.

Na sequência, o Bitcoin também aparece como a primeira blockchain. Após quase 14 anos, esta tecnologia está mudando o mundo e até mesmo governos estão querendo adotá-la em suas moedas digitais.

Por fim, citando o valor de US$ 816 bilhões (R$ 4,3 trilhões), o Guinness Book dá o prêmio de criptomoeda mais valiosa para o Bitcoin. Os dados foram obtidos no dia 24 de março deste ano, quando o BTC estava valendo US$ 42.989.

Mais recordes com o Bitcoin

Além disso, outros 9 recordes mencionam o Bitcoin. Abaixo, fizemos um resumo sobre cada um deles.

Primeiro país a adotar o bitcoin como moeda legal: El Salvador, em 7 de setembro de 2021.

Primeira transação de bitcoin: Satoshi Nakamoto enviou 10 bitcoins para Hal Finney em 12 de janeiro de 2009.

Primeira transação comercial de bitcoin: Laszlo Hanyecz comprou duas pizzas por 10.000 bitcoins em 22 de maio de 2010.

Primeira corretora de criptomoedas: Criada em 17 de março de 2010, a BitcoinMarket entrou para o Guinness como a primeira exchange de bitcoin. Em menção honrosa, o livro dos recordes cita a NewLibertyStandard, mas aponta que a mesma não funcionava como uma plataforma de trading como conhecemos.

Maior hack de criptomoedas: Em fevereiro de 2014, a corretora Mt. Gox sofria o maior hack da história. No total, 850.000 bitcoins foram perdidos, valor é equivalente a R$ 88 bilhões atualmente.

Primeira apreensão de criptomoedas: Datada em 12 de abril de 2013, os EUA confiscaram 11,02 bitcoins, que valiam 814 dólares na época, de Eric Hughes, acusado de venda de drogas no Silk Road.

Maior prêmio em criptomoedas em um torneio de poker online: Além da quantia mais de 1 milhão de dólares (104,23 BTC) outro ponto que chama atenção é que o montante foi recebido por um brasileiro com o nick de TheBigKid. O torneio VENOM foi realizado em 24 de julho de 2019 e durou mais de 48 horas.

Primeiro servidor de Minecraft com economia em Bitcoin: Um pouco aleatório, mas também válido. Em 2014, o servidor de Minecraft chamado BitQuest estava dando frações de bitcoin por esmeraldas dentro do jogo.

Maior golpe de Bitcoin: O Bitcoin Savings and Trust aparece como o maior golpe de bitcoin no livro dos recordes. Embora não cite valores em BTC, o texto aponta que US$ 5,6 milhões foram perdidos neste golpe em 2012. Alguns estimam que isso seja traduzido em mais de 700.000 bitcoins, equivalente a mais de R$ 72 bilhões atualmente.

Outras menções sobre criptomoedas no livro dos recordes

Além do Bitcoin, outras moedas também aparecem no livro dos recordes. O maior destaque são os NFTs.

Segundo o Guinness Book, o primeiro NFT do mundo foi cunhado na NameCoin em 5 de maio de 2014, antes mesmo do Ethereum existir. Trata-se de uma curta animação digital chamada Quantum, criada pelo artista Kevin McCoy em parceria com Anil Dash.

Já o primeiro NFT no Ethereum foi o Terra Nullius, criado em 7 de agosto de 2015, muito antes da mania atual. Já o NFT CryptoPunk #5822 aparece como o mais caro por ter sido negociado por 8.000 ETH (US$ 23,7 milhões na data) em 12 de fevereiro de 2022.

Por fim, a entrada do Bitcoin e outras criptomoedas no Guinness Book é mais uma prova de que elas estão se tornando parte de nossa cultura. Resta saber quais outros recordes ainda serão adicionados pelo livro dos recordes no futuro.

Fonte: Livecoins

Faça parte do Plano Crypto • Evento Gratuito

Descubra como construir um segundo salário com crypto, sem depender do governo, economia ou análise de gráficos. Utilizando a metodologia do nosso Fundo Hedge em crypto de Dubai.
Inscreva-se agora no Plano Crypto