De acordo com a glassnode, a quantidade de oferta de BTC que permaneceu inativa por pelo menos um ano, está pouco abaixo do ATH anterior de 65% definido em maio de 2022, isso demonstra uma forte convicção dos compradores entre maio e julho de 2021, após a grande migração de mineradores. O equilíbrio dos últimos três meses indica que a maturação da moeda está em equilíbrio com os gastos, e isso pode ser considerado um sinal positivo dentro de um mercado em baixa.

O que é Percent of Supply Last Active 1+ Years Ago?

Ele é a porcentagem da oferta circulante que não foi transacionada em pelo menos 1 ano. Ou seja, nessa métrica todos os Bitcoins que foram enviados ou recebidos no último ano não são contabilizados.

Qual o impacto disso nos mercados?

Quando existe uma alta porcentagem de Bitcoins circulando existe uma maior força vendedora, portanto algo negativo para o preço. Se a porcentagem de Bitcoins circulando for menor, a oferta vendedora fica menos acentuada, assim sendo positiva para o preço. Entretanto, existem certas exceções como uma melhoria da escalabilidade da rede, que aumenta a utilidade do Bitcoin como rede de pagamentos ou utilização desses Bitcoins como margem para longs (apostas na alta).

O que está acontecendo?

A quantidade de oferta de BTC  inativa por pelo menos um ano esta mostrando equilibro, mesmo estando um pouco abaixo do ATH anterior em maio de 2022. Este equilibro da oferta circulante,  significa que ainda existem holders que não venderam por um longo período de tempo e ainda estão acumulando, demostrando que muitos  ainda estão confiantes mesmo em um mercado em baixa, o que pode ser um sinal positivo para o preço do ativo no médio prazo.

Eduardo Andrade • Analista Yellow Crypto