Após mais um mês de inflação alta nos EUA, a criptomoeda, que vinha acima de US $ 31500 no dia, devolveu todos os ganhos e buscou outra vez uma região bastante delicada para os seus preços, com o seu Índice de Força Relativa atingindo níveis equiparáveis aos do coronacrash, em 2020.

Fonte: TradingView

A importância do nível atual

Tradicionalmente, a criptomoeda tem como máxima a de que o seu preço nunca revisitou antigas máximas históricas uma vez superadas, ficando sempre a níveis consideravelmente elevados em relação a ela, inclusive. Uma perda de tal nível, para se ter uma ideia, resultaria em uma busca por US $ 18 mil, uma queda de 33% de agora.

Hora de vender?

Como se percebe, em momentos como este os fundamentos ficam em segundo plano: o mercado está jogando com questões macroeconômicas e temor. Isso significa que há grande sensibilidade vigente, o que invariavelmente põe tal nível no radar.

O que fazer?

Para operações de curto prazo, observar. Não há nenhuma confirmação de rompimento até aqui: isso pode mudar com uma perda dos US$ 28800, o que respalda uma entrada vendido com alvo próximo de US$ 20 mil.

Vinícius Cavalcanti • Analista Yellow Crypto