Em clima de recuperação, o Bitcoin (BTC) estava a caminho de US$ 42.000 quando na manhã de hoje (14), através de um pronunciamento, o presidente do Federal Reserve (Fed) de Nova York afirmou fazer parte do time de membros do FOCM (Federal Open Market Committee) que suportam um aumento de 50 pontos base na taxa de juros americana e do início da redução do balanço patrimonial já na próxima reunião, que ocorrerá em maio.

Com isso, as perspectivas de um possível aperto monetário amedronta os investidores, levando o S&P 500 a devolver metade dos ganhos de ontem, e o BTC volta a cair abaixo de US$ 40.000 com as pressões negativas do momento.

Gráfico de 1 hora do Bitcoin / TetherUS. Fonte: TradingView

Gualter Rocha • Analista Yellow Crypto