A empresa de serviços financeiros com sede nos EUA Fidelity Investments permitirá que os investidores coloquem bitcoin (BTC) em suas contas de poupança de aposentadoria 401(k) ainda este ano, disse a empresa na terça-feira.

Os empregadores podem colocar um teto no valor das economias destinadas ao bitcoin, com o limite máximo esperado não superior a 20%. No entanto, a mudança permitiria que vários investidores iniciantes ganhassem exposição ao bitcoin sem ter que fazer uma conta separada em uma exchange de criptomoedas.
Uma conta 401(k) é um plano de aposentadoria patrocinado pela empresa nos EUA para o qual os funcionários podem contribuir com renda enquanto os empregadores podem igualar as contribuições. Os funcionários recebem uma redução de impostos sobre o dinheiro que contribuem, enquanto as contribuições são automaticamente retiradas dos contracheques dos funcionários e investidas nos fundos de sua escolha.

As contas de aposentadoria da Fidelity são um grande negócio: elas detinham cerca de US$ 2,4 trilhões em ativos 401(k) em 2020, ou mais de um terço do mercado na época, de acordo com a empresa de pesquisa Cerulli Associates.

As taxas sobre os investimentos em bitcoin nas contas 401(k) da Fidelity variam entre 0,75% e 0,90% – dependendo do valor e do empregador – e mantidas em sua própria plataforma de custódia. Uma taxa de negociação adicional seria cobrada, que permanece não divulgada no momento da redação. A Fidelity planeja ainda criar materiais educacionais para investidores.
A empresa de análise de negócios MicroStrategy (MSTR) já assinou o plano. A empresa detém bilhões de dólares em bitcoin e seu fundador, Michael Saylor, é um firme apoiador – muitas vezes twittando opiniões estranhas sobre o ativo.

O movimento é o mais recente na linha de produtos e ofertas centrados em bitcoin da Fidelity, que foi uma das primeiras grandes empresas a se aquecer para a classe de ativos em ascensão em 2018.
O Wall Street Journal e o New York Times divulgaram a notícia anteriormente.
Em novembro, a Fidelity lançou a primeira oferta regulamentada do Canadá que oferecia serviços de custódia e negociação de bitcoin para investidores institucionais no país. Em seguida, lançou dois fundos de bitcoin negociados publicamente em dezembro na Bolsa de Valores de Toronto. Este ano, a Fidelity lançou produtos semelhantes na Suíça e na Alemanha.

Enquanto isso, nem todos estão de acordo com empresas que oferecem exposição em bitcoin em suas ofertas 401(k).

Em março de 2022, o Departamento do Trabalho dos EUA alertou em uma diretiva que as criptomoedas eram investimentos comerciais especulativos e voláteis com avaliação inflacionada. A agência expressou “sérias preocupações” sobre provedores que oferecem criptomoedas em planos de aposentadoria.

A agência enfatizou na época que os provedores devem oferecer informações adequadas aos potenciais investidores sobre os riscos envolvidos no investimento em criptomoedas, incluindo os preços voláteis e o ambiente regulatório em constante mudança.

O Bitcoin estava sendo negociado a pouco mais de US$ 40.500 no momento da redação e subiu 3,85% nas últimas 24 horas.

Fonte: Coindesk