O FTX Group está tentando recuperar cerca de US$ 3,9 bilhões em dinheiro e criptomoedas da falida credora de ativos digitais Genesis Global Capital LLC e de uma afiliada não falida, GGC International Ltd.

Os fundos referem-se a US$ 1,8 bilhão em empréstimos e US$ 273 milhões em garantias concedidas à Genesis Global Capital pela Alameda Research Ltd. , a extinta casa de negociação de criptomoedas de Sam Bankman-Fried, pouco antes de falir junto com a FTX, de acordo com documentos judiciais arquivados na quarta-feira.

Anteriormente: Alameda busca recuperar US$ 446 milhões da Voyager Digital

Eles também estão relacionados a US$ 1,6 bilhão em ativos que a Genesis Global Capital retirou da plataforma de negociação da FTX antes da falência, junto com US$ 213 milhões retirados pela GGC International, alegam advogados da FTX nos autos.

A FTX está tentando recuperar os fundos usando regras de falência projetadas para garantir que alguns credores não sejam favorecidos em detrimento de outros. As chamadas transferências evitáveis ​​são aquelas que ocorrem até 90 dias antes da falência de uma empresa.

Tentativas de recuperar fundos por meio de falência nem sempre são bem-sucedidas.
Representantes da FTX e Genesis não responderam imediatamente aos pedidos de comentários.

Fonte: Bloomberg

➤ Clique aqui e receba em seu celular notícias e análises! É GRATUITO – Portal Yellow no Telegram

Siga-nos no Instagram: @‌yellowcrypto.br