Os futuros do S&P 500 apresentam um bandeira de alta com alvo em 4183 pontos, enquanto investidores aguardam a reunião do BCE amanhã (quinta-feira) e dados da inflação ao consumidor norte-americano na sexta-feira.

Fonte: TradingView

O que é uma bandeira de alta?

Muito utilizada na Análise Técnica, a bandeira de alta faz jus ao seu nome pela sua formação no gráfico de preços de um ativo ser muito similar ao de uma bandeira com mastro.

Sua formação se dá por um forte movimento inicial de alta nos preços, chamado de “mastro”; em seguida, por um breve movimento de baixa; posteriormente, por um novo movimento de alta, mas que não consegue superar o topo anterior, formando um topo menor no gráfico; e, por fim, um novo movimento de baixa que rompe o fundo anterior. Essa movimentação de topos e fundos menores do que os anteriores pode ocorrer várias vezes, formando, então, a “bandeira” no gráfico.

Qual o significado de uma bandeira de alta?

A bandeira de alta é caracterizada como um padrão de continuação do movimento de valorização representado pelo “mastro” da bandeira.

Após um forte período de euforia, os negociantes deram uma acalmada e, agora, muitos estão vendendo suas posições; enquanto outros aproveitam as quedas para comprar, sendo este um período de calmaria, baixos volumes de negociação e reflexão sobre a sustentação do movimento de alta anterior.

O que está acontecendo?

No ambiente macroeconômico, dentre os principais eventos da semana, está o CPI (índice de preço ao consumidor) dos EUA. A inflação norte-americana tem dividido os sentimentos no mercado, de um lado há quem acreditem que a inflação tenha chegado a um pico e posteriormente irá declinar, exigindo menos aumentos de juros por parte do Federal Reserve. Por outro lado, há quem acredite que a inflação nos EUA está longe de “amenizar”, exigindo movimentos ainda mais agressivos por parte do Fed.

Ainda nessa semana, amanhã deverá acontecer a reunião do BCE, onde o consenso do mercado aponta para a manutenção nos atuais níveis de juros. A grande novidade é, na coletiva de imprensa pós-reunião do Comitê de Política Monetária da Europa, deverá ser anunciado o início de um ciclo de aumento de juros no velho continente.

Kleiton Luna • Analista Yellow Crypto