Muito embora ruídos por temores macroeconômicos venham derrubando o preço da criptomoeda nas últimas semanas, a capacidade de processamento da sua rede segue em direção oposta, em um sinal de que os mineradores seguem otimistas com a expansão do setor.

Fonte: Glassnode

HASHRATE – BTC

O que é isso?

Trata-se de um indicador do poder computacional utilizado na rede do Bitcoin. Ele mensura a capacidade de processamento total das máquinas utilizadas na sua mineração. Mensurado em unidades hash por segundo, significa a quantidade de cálculos que as máquinas podem processar a cada segundo na rede Bitcoin.

Qual o impacto disso nos mercados?

O hashrate impacta a segurança da rede do Bitcoin. Dessa forma, com ele elevado, a rede da criptomoeda se torna mais segura e portanto com melhores fundamentos, que no médio prazo tendem a impactar o preço. Existe uma relação diretamente proporcional entre ambos, ceteris paribus.

O que está acontecendo agora?

Ela se encontra em uma divergência com relação aos preços, o que sugere haver grande atratividade para o setor, ainda, como também desconto nestes, o que pode ser oportuno para acumulação (hold). Isso seria invalidado com novas perdas (abaixo de US$ 29 mil, por exemplo), o que em algum momento lhes faria desligar suas máquinas e, por conseguinte, confluir com as quedas.

Vinícius Cavalcanti • Analista Yellow Crypto