O Exchange Net Position, que se dá pelo saldo de saques – depósitos em exchanges, mostra que este é o maior nível desde a sua criação, apesar de os preços à vista refletirem o oposto.

Fonte: Glassnode

O que é o Exchange Net Position?

Esta métrica ilustra a variação na oferta de moedas nas carteiras de exchanges. Trata-se do saldo resultante entre os envios e os saques de criptoativos das exchanges.

Qual o impacto disso nos mercados?

Quando positivo, há mais unidades sendo depositadas do que sacadas, o que tende a levar os preços para baixo, já que há maior oferta no mercado; de forma oposta, no caso negativo, há mais unidades sendo sacadas, o que tende a levar os preços para cima em algum momento, dado que a criptomoeda acaba ficando mais escassa por questões relacionadas a acumulação, que costumam preceder movimentos de alta.

O que está acontecendo?

Consideravelmente negativa, mostra similaridade com outros ativos, inclusive o Bitcoin, no que tange acumulação. Isso significa que os preços caminham para baixo por fatores externos ao criptomercado, dadas as incertezas expostas pelo Fed, além da geopolítica, ligada ao confronto Rússia x Ucrânia.

Demonstrando recuperação, o token se encontra em uma resistência no gráfico diário (seta à esquerda), com o seu Índice de Força Relativa (parte inferior do gráfico) em uma divergência altista. Ceteris paribus (bitcoin se mantendo nos níveis atuais), pode ser um trade de 10%.

Gráfico, Diário, AAVE / USD. Fonte: TrandingView

Vinícius Cavalcanti • Analista Yellow Crypto