O total de empregos não agrícolas nos Estados Unidos aumentou 311.000 em fevereiro, divulgou o Bureau of Labor Statistics do país em seu relatório na sexta-feira, superando as estimativas do mercado.

A taxa de desemprego aumentou 0,2 pontos percentuais face ao mês anterior, situando-se em 3,6% em fevereiro, com o número de desempregados a subir para 5,9 milhões. A taxa de participação na força de trabalho aumentou 0,1 pontos percentuais para 62,5%. O setor de lazer e hotelaria teve a maior expansão na força de trabalho, adicionando 105.000 empregos em fevereiro. O setor de comércio varejista gerou 50 mil empregos, seguido pelas 46 mil contratações adicionais no setor governamental.

O salário médio por hora de todos os empregados em folhas de pagamento privadas não agrícolas aumentou US$ 0,08 em comparação com o mês anterior, atingindo US$ 33,09 em fevereiro, representando um crescimento anual de 4,6%.

O que é o Payroll?

O Payroll não-agrícola, é um relatório do mercado de trabalho norte-americano que mede a variação do número de pessoas empregadas durante o último mês de todas as empresas não-agrícolas.

Como impacta o mercado?

Como o Federal Reserve tem como principais objetivos, a estabilidade dos preços e o pleno emprego. No atual contexto, em que a inflação está persistentemente alta, dados de emprego fortes indicam que o BC americano estará confortável para apertar a política monetária e perseguir a meta de inflação. Caso contrário, diante de dados de emprego fracos, a autoridade monetária tende a ser mais cautelosa.

O que está acontecendo?

O relatório do mercado de trabalho norte-americano das empresas não-agrícolas apresentou dados relativamente satisfatórios aos investidores nesta sexta-feira. Com uma leve correção de 511 mil para 504 mil vagas de emprego criadas em janeiro, a relatório apresentou uma queda de 193 mil vagas, sendo criadas 311 mil vagas em fevereiro, no entanto, permaneceu acima das expectativas de 205 mil.

O Ganho médio por hora trabalhada apresentou uma leve queda em sua base mensal, saindo de 0,3% em janeiro para 0,2% em fevereiro, abaixo da expectativa de continuidade de 0,3%.

(Gráfico) EUA – Salário Médio por Hora (ano a ano) (YoY)

Já o Salário Médio por Hora subiu para 4,6% em fevereiro, contra 4,4% em janeiro, mas permaneceu abaixo da expectativa de alta para 4,7%.

(HIstórico de Março de 2022 a Fev de 2023) EUA – Salário Médio por Hora (ano a ano) (YoY)

A taxa de desemprego por sua vez aumentou para 3,6%, acima da expectativa e do mês anterior, ambos em 3,4%.
A combinação destes dados apresentou ímpeto o suficiente para os investidores recuperarem parcialmente as perdas desta semana, tendo em vista que apresentou progresso significativo em alguns âmbitos.

EUA – Taxa de Desemprego

Os principais fatores de atenção seguem sendo o elevado número do Payroll, apresentando um mercado de trabalho resiliente em meio ao aperto monetário do Fed, e o Salário Médio por Hora, que subiu levemente, no entanto, o Salário Médio por Hora apresentou uma queda de 1% em comparação ao seu valor mais alto em março de 2022, de 5,6%. Apresentando desaceleração considerável, porém, a passos curtos.

EUA – Ganho Médio por Hora Trabalhada (Mensal)

Com isso, tendo em mente a totalidade dos dados, o resultado do Payroll foi parcialmente satisfatório para os investidores no curto prazo, que devem voltar suas atenções para o CPI americano na próxima semana, em busca de pistas sobre a política monetária dos EUA. No entanto, apesar de positivo para o mercado nos primeiros momentos, ainda pairam muitas incertezas sobre a postura do Fed para a próxima reunião do FOMC, tendo em vista a alta incerteza de como será feita a interpretação dos dados pela autoridade monetária.

__________________________________________

➤ Clique aqui e receba em seu celular notícias e análises! É GRATUITO – Portal Yellow no Telegram

Siga-nos no Instagram: @‌yellowcrypto.br