Em 1,3 atualmente (1 = neutro), o indicador tem como pontos altos os strikes de US$ 23 mil e US$ 34 mil, respectivamente, onde possuem grande volume de negociação.

Fonte: Coinglass

Extremo equilíbrio

Com um número de Bitcoins bastante equiparado em níveis de strike extremos, o indicador pode sugerir que o fechamento do preço para maio se encontra em algum nível mais próximo da região atual, entre US$ 28 mil e US$ 30 mil.

Auge do temor pode rechaçar US $ 23 mil

Passada a irracionalidade extrema com relação aos preços, que levou o Bitcoin a um fundo em US$ 25.500 e a níveis de sobrevenda não vistos há anos, é bastante provável que o pior para maio já tenha passado. Isso poderia ser rechaçado com um Fed reiterando uma postura mais hawkish, por exemplo, o que está em segundo plano no momento.

US$ 34 mil virá?

Esta é uma possibilidade mais plausível que a outra extremidade. Isso se daria com agentes do Banco Central dos EUA adotando um discurso neutro no restante do mês. No entanto, no curto prazo há considerável resistência em níveis como US$ 31-32 mil, o que também coloca esta possibilidade em segundo plano.

Resumo da ópera

Por agora, visando trades de curto prazo, níveis pairando US$ 28 mil sugerem compra, e níveis em regiões como US$ 30500-31 mil sugerem venda.

Vinícius Cavalcanti • Analista Yellow Crypto