Nos últimos dois meses, a quantidade de contratos em aberto sobre as opções de Bitcoin aumentou 60%, atingindo US$ 13,5 bilhões, à medida que o preço do BTC atingiu um novo recorde histórico. O resultado da valorização do preço do Bitcoin e o aumento das opções em aberto resultaram em um vencimento potencialmente histórico de US$ 6,1 bilhões definido para 26 de março.

As opções do BTC agregam contratos em aberto. Fonte: Cryptorank

A maioria das exchanges oferece exposições mensais, embora algumas também tenham opções semanais para contratos de curto prazo. 29 de janeiro de 2020 teve o maior vencimento já registrado, com vencimento de US$ 3,5 bilhões em contratos em aberto. Esse número representava 36% de todas as posições em aberto naquele momento.

As opções do BTC agregam contratos em aberto por vencimento. Fonte: Bybt

Os dados acima mostram que o vencimento do Bitcoin em 26 de março contém 100.400 BTC. Essa concentração atípica se traduz em 45% de seus contratos com vencimento em onze dias.

É importante notar que nem todas as opções serão negociadas no vencimento, pois alguns desses strikes agora parecem irracionais, especialmente considerando que faltam menos de duas semanas.

Ao contrário dos contratos de futuros, as opções são divididas em dois segmentos. As opções de compra (call) permitem que o comprador adquira o BTC a um preço fixo na data de vencimento. De um modo geral, eles são usados ​​em negociações de arbitragem neutras ou estratégias otimistas.

Enquanto isso, as opções de venda são comumente usadas como hedge ou proteção contra oscilações negativas de preço.

A proporção de call-to-put está desequilibrada

Para entender como essas forças concorrentes são equilibradas, deve-se comparar o tamanho das opções de compra e venda em cada preço de vencimento (strike). Os mercados de opções são do tipo tudo ou nada, o que significa que têm valor ou se tornam inúteis se forem negociados acima do preço de exercício da opção de compra, ou o contrário para os detentores de opções de venda.

26 de março agregam contratos em aberto de opções BTC. Fonte: Bybt

Ao excluir as opções de venda neutras a pessimistas abaixo de US$ 47.000 e as opções de compra acima de US$ 66.000, é mais fácil estimar o impacto potencial do vencimento de sexta-feira. Os incentivos para bombear ou descartar o preço em mais de 17% tornam-se menos prováveis, pois os ganhos potenciais raramente ultrapassarão o custo.

Esses dados deixam US$ 1,13 bilhão em opções de compra de US$ 32.000 a $ 64.000 de strikes para o vencimento das opções agregadas em 26 de março. Enquanto isso, as opções de venda mais pessimistas caíram para US$ 47.000 totalizam US$ 462 milhões. Portanto, há um desequilíbrio de US$ 668 milhões favorecendo as opções de compra mais otimistas.

O vencimento em 26 de março será bem inferior a US$ 6,1 bilhões

Embora o vencimento de opções de US$ 6,1 bilhões possa ser preocupante, quase 43% delas já são consideradas inúteis. Quanto aos contratos em aberto remanescentes, os touros estão principalmente no controle porque o recente aumento de preços para um novo máximo histórico obliterou 84% das opções de baixa.

À medida que o vencimento se aproxima, um número crescente de opções de venda perderá seu valor se o BTC permanecer acima de US$ 52.000, aumentando a vantagem das opções de compra neutras para otimistas.

Fonte: Cointelegraph Brasil

“Lua” à vista?

Os dados sugerem que os touros estão no controle da expiração de sexta-feira, com a taxa de put/call, em 1,75, mostrando a força dos comprados até aqui. É possível que até lá um movimento mais forte, como por exemplo um salto aos US $ 45 mil, ocorra, a fim de atingir strikes em tal região, um alvo considerável para comprados.

Boa parte dos recursos já estão fora da equação

Apesar das cifras expressivas, opções com strike consideravelmente elevados ou reduzidos, e que estão fora de questão em termos de target price, reduzem os montantes expostos – o que pode impactar na volatilidade no geral. O fato é que, até aqui, o suporte dos US $ 42 mil tem resistido às investidas dos ursos, o que em algum momento pode levá-los a perder força e abrir espaço aos touros.

Comprar ou vender?

Visando o mês de abril, ou seja, posições semanais, este ainda é um momento oportuno para se posicionar na criptomoeda: mesmo que ela venha a testar níveis como US $ 41 mil, as perspectivas de que vá para cima são maiores do que uma reversão bearish a partir daqui, com dados como oferta ilíquida perto de sua máxima histórica, ou endereços com 1000 BTCs crescendo sendo alguns dos dados a respaldar tal visão.