À época, quando o preço chegou a cair 50% em um único dia, o indicador atingiu 48, estando, atualmente, em 46.75.

Fonte: TradingView

O que é o RSI?

O Índice de Força Relativa (RSI, do acrônimo em inglês) é um indicador do tipo “oscilador” que mostra a força dos movimentos de preço de um ativo, indicando se ele já está sobrecomprado (“muito caro”) ou sobrevendido (“muito barato”) de acordo com o seu histórico de negociação, oscilando entre 0 e 100. De modo grosseiro, o RSI é calculado dividindo o “ganho médio” pela “perda média” do preço em um determinado período de tempo, somando, posteriormente, ao seu histórico.

Como utilizar o RSI para investir?

Em suma, quanto mais próximo de zero, mais barato o ativo está, de acordo com o seu histórico passado de preços. De forma inversa, quanto mais próximo de 100 o RSI está, mais caro o ativo se encontra.

Além disso, o indicador também pode ser útil analisando a divergência entre a sua movimentação com a movimentação gráfica dos preços. Se o preço está formando topos e fundos cada vez maiores do que os anteriores, mas o RSI está em um movimento oposto, formando topos e fundos menores, isso indica fraqueza no movimento do preço e, por consequência, o mesmo tende a seguir a direção que o RSI está movendo.

O que está acontecendo?

A 2,5 pontos da sua mínima histórica para o período, o indicador reflete a grande força vendedora vista principalmente nas últimas 10 semanas na criptomoeda, diretamente ligadas a fatores macroeconômicos incertos, que ainda mostra espaço para mais perdas. Sozinha, não sugere pontos de compra ou venda, podendo-se inferir que um novo fundo deverá ocorrer com níveis como US $ 25 mil ou abaixo sendo buscados, entretanto.