Índice de Força Relativa dos preços da criptomoeda cruza outra vez a Média Móvel Simples, sinalizando mais uma rodada de perdas nos preços nas próximas horas.
Fonte: TradingView

Índice de Força Relativa (RSI)

O que é o “RSI”?

O Índice de Força Relativa (RSI, do acrónimo em inglês) é um indicador do tipo “oscilador” que mostra a força dos movimentos de preço de um ativo, indicando se ele já está sobrecomprado (“muito caro”) ou sobrevendido (“muito barato”) de acordo com o seu histórico de negociação, oscilando entre 0 e 100. De modo grosseiro, o RSI é calculado dividindo o “ganho médio” pela “perda média” do preço em um determinado período de tempo, somando, posteriormente, ao seu histórico.

Como utilizar o RSI para investir?

Em suma, quanto mais próximo de zero, mais barato o ativo está, de acordo com o seu histórico passado de preços. De forma inversa, quanto mais próximo de 100 o RSI está, mais caro o ativo se encontra.

Além disso, o indicador também pode ser útil analisando a divergência entre a sua movimentação com a movimentação gráfica dos preços. Se o preço está formando topos e fundos cada vez maiores do que os anteriores, mas o RSI está em um movimento oposto, formando topos e fundos menores, isso indica fraqueza no movimento do preço e, por consequência, o mesmo tende a seguir a direção que o RSI está movendo.

O que está acontecendo?

Falhando em avançar a topos maiores que os anteriores, o indicador conflui com o grande sentimento negativo do mercado atualmente. Cruzando a SMA para baixo, paralelamente, mostra espaço para quedas ainda maiores deste, conforme apontado no gráfico. Isto, cabe dizer, está inserido em um contexto de mais uma possível alta de 0,75 bps nos juros do Federal Reserve dos EUA, levando Bolsas a perdas também.