De acordo com o Arcane Research, as taxas de financiamento do Bitcoin caíram após grandes vendas no início da semana. O Bitcoin teve uma recuperação notável saindo de um fim de semana lento, porém essas vendas eliminaram rapidamente todos os ganhos obtidos e, com isso, as taxas de financiamento caíram, levando a grandes quedas nas taxas. Isso fez com que ele tocasse um de seus pontos mais baixos desde fevereiro.

O que é Futures Perpetuals Funding Rate?

A taxa de financiamento de futuros perpétuos, se referem aos pagamentos periódicos de operadores em ‘long’ (quando se aposta na alta) ou de ‘short’ (para apostar na queda) com base na diferença entre o mercado de contrato futuros perpétuos e o preço à vista (preço de referência). Em suma, a taxa de financiamento é a responsável por fazer o preço do contrato futuro se aproximar do preço do ativo à vista.

Qual o impacto disso nos mercados?

Quando a taxa FPFR está positiva, significa que os traders de futuros estão otimistas, fazendo quem está em ‘long’ pagar uma taxa para quem está em ‘short’. Quando negativa, funciona de forma inversa.

O que está acontecendo?

A queda nas taxas de financiamento do bitcoin coincidiu com a queda no preço do BTC, que vinha obtendo ganhos constantes, mas perdeu tudo no inicio da semana devido às vendas e está de volta a região de US$ 29.500. Esse declínio levou a uma das quedas mais fortes nas taxas de financiamento da história, fazendo com que atingisse um de seus pontos mais baixos desde fevereiro. Essas taxas de financiamento negativas demonstra que boa parte dos traders estão pessimistas quanto ao preço do Bitcoin.

Eduardo Andrade • Analista Yellow Crypto